Fria ou quente?


Grande paz têm os que amam a lua lei; para eles não há tropeço (SI 119.165). 

O professor fez uma experiência com seus alunos para ensinar-lhes algumas lições de vida. Colocou diante deles três vasilhas de água com temperaturas diferentes - a primeira com água bem quente; a segunda com água bem gelada, e a terceira com água morna. 

Chamou então um dos alunos, pediu-lhe que colocasse a mão na primeira vasilha, com água quente, e logo em seguida na terceira vasilha, com água morna. 

Depois disso perguntou-lhe: Como esta a temperatura na terceira vasilha? Bem fria - respondeu o aluno. 

Logo depois o professor chamou um outro aluno, pediu-lhe que colocasse a mão na água gelada e em seguida na água morna, e fez a mesma pergunta: Como está água? A água está bem quente - respondeu o aluno. 

Então o professor concluiu: A temperatura da água da terceira vasilha é a mesma, porém as mãos dos alunos vinham de temperaturas diferentes, uma vinha da água bem quente e a outra da água bem gelada. 

Assim a água que está morna foi sentida por cada um de maneira diferente, segundo o referencial usado. 

Podemos ver isso também em nossas reações aos acontecimentos. Quando estamos desanimados, parece que levantar da cama é uma tarefa difícil. Mas têm dias que, além de levantar, estamos dispostos a andar vários quilômetros. 

Nossa reação às tentações, aos problemas e às más notícias também vai depender de onde estamos vindo. Se estivermos bem espiritualmente, saberemos reagir melhor, suportar as adversidades com vitórias, mas, se estivermos frios espiritualmente, tudo vai ser mais difícil. 

Feliz é o homem que teme ao Senhor. Estável é a vida de quem confia nele. “Não se atemoriza de más notícias; o seu coração é firme, confiante no SENHOR” (SI 112.7). 

Que estejamos preparados para as experiências da vida. Que saibamos identificar cada situação com sabedoria, guiados pela presença de Deus, lembrando sempre que o Senhor conforta e dá alívio aos abatidos. 

Use o termômetro certo.

Comentários