Agenda da alegria


Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã (Sl 30b). 

Uma jovem perguntou à uma velha senhora o segredo da sua felicidade. Com um sorriso luminoso, esta última respondeu-lhe: 

Cara amiga, tenho a minha agenda da alegria. Já há muito tempo que aprendi isto: nenhum dia é assim tão triste que não tenha algum raio de luz, e comecei a escrever todas as pequenas coisas boas que me aconteciam. 

Contei muitos detalhes insignificantes: um vestido novo, uma conversa com uma amiga, uma atenção do meu marido, uma flor, um livro, um passeio de carro, um pôr do sol, a lua cheia, um bom almoço, tudo isto está na minha agenda e quando me sinto um pouco triste ou com o moral em baixa, releio algumas páginas para me rememorar que mulher feliz eu sou. Mostro-lhe, se isso lhe interessa. 

A jovem, descontente e entediada, pegou na agenda que lhe estendia a senhora e virou lentamente as páginas. 

Descobriu um prazer todos os dias para anotar? - perguntou ansiosa. 

Sim, todos os dias; queria que a minha teoria se tornasse uma realidade, foi-lhe respondido com uma voz grave. 

A jovem continuou a virar as páginas e chegou a uma que continha estas palavras: "Morreu segurando a minha mão na dele e o meu nome nos seus lábios”. 

Chegou então à conclusão de que, até a morte e nossos desassossegos são mensageiros e professores, mas para isso é necessário saber decodificar suas mensagens. 

Belo testemunho. 

Nossos dias são recheados de livramentos, bênçãos, misericórdia e amor de Deus. Mas, às vezes, nossa agenda só anota e vê a dor, o desamparo e a tristeza. 

Como decodificar as mensagens boas de cada dia? 

Vivendo com gratidão, admirando a criação e tendo a percepção de que cada respiração é um presente de Deus. Cada batida de nosso coração é o prosseguimento da esperança de que teremos dias melhores pela frente. 

Todas as noites, antes de dormir, não se esqueça de agradecer a Deus por mais um dia. A cada manhã levante-se disposto a viver o seu melhor dia. 

O que você tem anotado em sua agenda?

Comentários