Hino 297 - A chamada final



1. Quando lá do céu descendo 
Para os seus Jesus voltar, 
E o clarim de Deus a todos proclamar 
Que chegou o grande dia 
Da vitória do meu Rei, 
Eu, por sua imensa graça, lá estarei!

Quando enfim chegar o dia 
Da vitória do meu Rei, 
Quando enfim chegar o dia,
Pela graça de Jesus eu lá estarei!

2. Nesse dia, quando os mortos 
Hão de a voz de Cristo ouvir
E dos seus sepulcros hão de ressurgir, 
Os remidos, transformados, 
Logo aclamarão seu Rei, 
E por sua imensa graça lá estarei!

3. Pelo mundo rejeitado 
Foi Jesus, meu Salvador! 
Desprezaram, insultaram meu Senhor! 
Mas glorioso vem o dia
Da vitória do meu Rei 
E por sua imensa graça lá estarei! 

Informações
Letra: Henry Maxwell Wright, 1914 - Inspirado em: James Milton Black, 1856 - 1938
Música: James Milton Black

História
Este é o hino que consagrou o nome de James Milton Black (hino n° 102 - música 1) na hinódia cristã e em cujo texto Henry Maxwell Wright se inspirou para produzir "A chamada final". 

O professor Black dirigia uma reunião de jovens numa igreja metodista da Pennsylvania, quando uma aluna não respondeu à chamada por estar enferma naquele dia. A ausência dessa jovem muito impressionou Black, pois ele a conhecia muito bem, sabia de sua origem humilde e de sua família problemática, chefiada por um pai constantemente embriagado. 

Esse episódio inspirou Black a escrever este hino sobre a chamada final, à qual todos nós deveremos, pela graça do Senhor, responder "presente!". 

O hino foi completado em poucos minutos, letra e música. Mais tarde James Milton Black veio a saber que aquela jovem falecera, pois a enfermidade que causou sua ausência era muito grave. 

Muitas experiências têm sido relacionadas ao hino que hoje é largamente conhecido, divulgado e um dos prediletos dos evangélicos em todo o mundo. 

Tecnologia do Blogger.