Pais, edificadores espirituais


“Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos”. (Salmos 128) 


A paternidade se constitui na coisa mais sublime na vida de um homem. Entendemos que não é fácil a missão de pai. Exige-se muita coisa acima da capacidade e habilidade de uma pessoa. 

Por isso a Palavra de Deus nos dá diretrizes e orientações seguras para sermos verdadeiros pais, embora imperfeitos.

Desenvolvendo os pontos fundamentados em Salmos 128, como entender o que é ser um Grande e Verdadeiro Pai para os dias modernos?

I – COMO AQUELES QUE EDIFICAM A VIDA ESPIRITUAL DE SEUS FILHOS
“Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos”.
Os filhos precisam de pais profundamente espirituais que lhes indiquem o caminho do SENHOR. À semelhança de Noé que construiu a arca; de Abraão que construía altares, de Jó que oferecia holocaustos em favor de seus filhos, o pai moderno, como escreve o salmista deve ser aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos. Há uma alegoria muito conhecida.

Conta-se que três operários burilavam pedras que iriam ornar uma famosa catedral. Certo visitante interrogou o primeiro:

“Que você faz amigo?” – “Ganho o meu pão de cada dia”. E na sua voz havia um quê de impertinência.

O visitante aproximando-se do segundo, perguntou-lhe: – “Qual é o seu trabalho, amigo”? – Levantando os olhos inexpressivos, respondeu: “Minha tarefa é lavrar pedras, nada mais”.

O terceiro cantarolava satisfeito, enquanto vibrava o buril, que rápido desbastava um bloco de granito. Interrogado sobre o seu trabalho, respondeu animado: “Estou trabalhando numa grande catedral”. E um brilho de contentamento iluminou seu rosto inteligente. Pais precisam edificar seus filhos no Senhor.

2 – COMO AQUELES QUE AMAM E PROTEGEM A MÃE DE SEUS FILHOS
 “Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera;”. “Tua esposa no coração da tua casa.”.
Os filhos estão mais preocupados com o fato dos pais amarem suas mães acima de todos valores materiais. Certo dia, o dono de um pequeno comércio abordou na rua seu amigo, o poeta Olavo Bilac: - “Sr. Bilac, estou precisando vender meu sítio, que o senhor tão bem conhece. Será que poderia redigir o anúncio para o jornal”?

Olavo Bilac apanhou lápis e papel e escreveu: “Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortado por cristalinas e plácidas águas de um lindo ribeirão. A casa, banhada pelo sol nascente, oferece a sombra tranquila das tardes na varanda”.

Alguns meses depois, o poeta encontrou-se com o comerciante e perguntou se ele já havia vendido o sítio. – “Nem pensei mais nisso” - disse o homem. – “Depois que li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha”!

Às vezes, não percebemos as coisas boas que temos conosco e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros. Devemos valorizar o que temos: nossa esposa, nossos filhos, nosso emprego, os amigos, o conhecimento que adquirimos e nossa saúde, pois, estes sim são os verdadeiros tesouros” (Boletim IPAmericanópolis.9.7.2006).

3 – COMO AQUELES QUE CONSTROEM A MORAL DE SEUS FILHOS
“teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa”.

É preciso construir o caráter moral dos filhos. Os filhos precisam de pais profundamente espirituais que construam o seu caráter moral.

Conta-se que três crianças falavam sobre o que seus pais fizeram naqueles dias. O primeiro disse que o pai havia almoçado com o prefeito municipal.

O segundo, que o pai havia estado a jantar com o governador do Estado.

O terceiro, alegre e tranquilamente disse que o seu pai, todos os dias se encontrava para conversar com Deus. Filhos são construídos, moldados espiritualmente, como verdadeiros filhos de Deus à medida que seus pais se dediquem à vida de oração, à leitura da Palavra e os levem para a Casa de Deus onde unidos reverenciam Àquele que merece toda honra e adoração.

Mais tarde, diz o texto sagrado, os filhos que foram criados no temor do SENHOR não se desviarão dos santos caminhos do Eterno Deus.

------------------------------------
Antonio Coine é Pastor Emérito da Igreja Presbiteriana Monte Sião (Botucatu), atuando como ministro há 40 anos na Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pela Faculdade de Teologia da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil - SP. Licenciado em Filosofia. Mestre em Divindade e Doutor em Ministério pelo Seminário do Canadá em Manitoba/CA. Foi pastor da Igreja Presbiteriana do Canadá e missionário dessa denominação entre os povos de Língua Portuguesa, quando plantou a Igreja Presbiteriana de Língua Portuguesa do Presbitério West Toronto, IPC que foi organizada em outubro de 1988. É autor do livro "Das Sagradas Escrituras - Uma coletânea de esboços de sermões para um ano litúrgico - Vol. 1".

Tecnologia do Blogger.