Pão diário


Leitura Bíblica: Salmo 146.5-10
Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia (Mt 6.11).

Na oração do Pai Nosso, o pedido pelo pão diário é a quarta petição que vem depois do clamor para que o nome de Deus seja santificado, que seu reino venha sobre nós e que sua vontade seja feita. 

Quando começamos assim nossa oração estamos prontos para pedir pelo pão físico sem sermos egoístas. 

Sabemos que parte da vontade de Deus é tanto o suprimento de nossas necessidades físicas como espirituais. 

Pedir pelo pão diário claramente não deve ser entendido de modo literal. O pedido não é apenas por pão. Pão representa tudo que é necessário para a manutenção de nossa vida física. 

Pedir pelo pão diário é pedir que o sustento de cada dia nos seja dado. É demonstrar que sabemos que nosso sustendo diário vem de Deus. 

É demonstrar confiança que Deus não nos desamparará. 

“Deus é aquele que rega a terra e faz com que as colheitas cresçam. Ele é aquele que nos dá vida e força para obtermos nosso pão e, então assá-lo” (Phillip Graham).

Devemos diariamente orar e descansar no cuidado providencial de Deus sobre a nossa vida. 

“Nunca devemos ser incrédulos e duvidar do cuidado paternal de Deus sobre a nossa vida material. É preciso crer que, ainda que passemos por privações, o Pai bondoso sempre supre as nossas necessidades básicas” (Alan Rennê).

Esta oração ainda nos ensina que devemos orar pelas nossas necessidades e não por nossas vaidades. Amor ao luxo e a busca constante por riquezas não deve ser nosso alvo. 

Devemos tomar cuidado com as armadilhas do enriquecimento, da vaidade das posses. Podemos ter dinheiro, mas não servi-lo e amá-lo. Devemos estar satisfeitos com o pão diário.

Dá-nos hoje o nosso pão é uma oração que também demonstra compaixão pelo próximo. Não peço apenas pelo meu pão, mas pelo nosso pão, não digo dá-me hoje, mas dá-nos hoje. 

Orando assim demonstro generosidade e vontade que a bênção esteja também sobre a vida de meu irmão.

Deus nos sustenta dia a dia.

Comentários