As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Hino 330 - A bênção do batismo


Ó Jesus, eu te confesso,
Para sempre és meu Senhor
Obediente, aqui desejo
Pertencer - te, ó Salvador.

Sendo agora batizado,
Tomo, enfim, o meu lugar
Entre o povo que o teu sangue
Veio lá na cruz comprar.

Para o mundo, agora., eu morto,
Tenho vida em ti, Jesus,
Já nas trevas não vacilo,
Pois caminho em plena luz.

Sendo nova criatura,
Santidade buscarei,
Pela qual o mundo veja
Que Tu és Senhor e Rei.

Fortalece ao meu anseio
De te ser fiel aqui,
Pois minha alma só aspira
A viver de ti em ti. Amém.

Comentários