As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Hino 235 - O Anjo da Paz


Um anjo formoso desceu das alturas,
Na fresca doçura da noite, em Belém.
E a luz fulgurante brilhou nas colinas,
Encheu as campinas e vales também.

A doce mensagem que o anjo trazia,
De grande alegria, de amor divinal,
Encheu de esperanças a vida do crente,
Feliz toda gente naquele Natal!

Se há sombras de medo e o mundo se empenha
Em luta ferrenha de ao bem se opor,
Mal surge dezembro, e eis outro clima,
Pois vem lá de cima bafejos de amor.

É o anjo formoso que vem, novamente,
Lançar a semente do amor divinal,
Trazendo a este mundo canções de alegria,
Na santa harmonia que inspira o Natal.

Comentários