Compaixão


Leitura Bíblica: João 13.31-35
Mas amor e fidelidade haverá para os que planejam o bem (Pv 14.22b).

Uma Loja ficou lotada após filho postar no Twitter que o pai estava triste pela falta de clientes. Esta foi uma manchete do jornal Gazeta do Povo. 

Uma loja de donuts muito bem montada foi inaugurada no dia 3 de fevereiro de 2019, mas estava quase sem clientes. 

“Meu pai está triste porque ninguém está vindo para sua nova loja de donuts”, escreveu na página da empresa Billy's Donuts. 

Disse a matéria do jornal: A publicação - que também mostrava o estacionamento vazio e o balcão cheio de produtos - chamou a atenção dos usuários da rede social e centenas de pessoas começaram a curtir e compartilhar a publicação, convidando amigos para conhecer o local e experimentar seus produtos. 

Em apenas 24 horas, o estabelecimento lotou de clientes da cidade, que fizeram fila para experimentar os lanches oferecidos pela empresa. 

Após a repercussão, a família responsável pelo estabelecimento agradeceu o apoio e afirmou que o resultado os surpreendeu. 

“Nós vendemos todos os nossos donuts. Vocês são incríveis! Não sabemos como agradecer a todos vocês por esse apoio às empresas locais”, escreveram.

Histórias como esta nos emocionam. É bom saber que existem pessoas que ficam sensibilizadas com a necessidade dos outros. 

Às vezes olhamos para o mundo e parece que o amor está esfriando cada vez mais. Parece que ninguém se importa com as dores e tragédias alheias. 

Mas, em histórias como esta, nós percebemos que muita gente está disposta a ajudar e a se envolver com os outros. 

Histórias como esta são importantes também porque nos fazem parar um pouco de pensar egoisticamente.

É tempo de deixar algumas das tantas atividades que consomem todo o nosso tempo. É tempo de dar tempo a tantas pessoas que precisam de ajuda. 

Pessoas que estão bem próximas de nós e precisam de algo que está ao nosso alcance, como comprar um simples donuts. É tempo de olhar pra gente que não seja a gente.

O amor constrói.

Comentários