As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Privilégio e responsabilidade


Ele faz coisas grandes e inescrutáveis e maravilhas que não se podem contar (Jó 5.9).

Você já parou para pensar no quanto somos privilegiados? Às vezes paramos para meditar sobre o que nos falta, o que não temos ou o que perdemos. Mas quase não temos consciência do quanto somos abençoados por Deus. 

Veja estas estatísticas abaixo:

Se você tem comida na geladeira, roupas no armário, um telhado sobre sua cabeça, um lugar para dormir, então você é mais rico do que 75% da população mundial. 


Se você tem algum dinheiro no banco e um pouco na carteira, está entre os 8% mais ricos do mundo, isto é, 92% da população do mundo vive com menos que você. 


Se nunca experimentou o perigo de uma batalha, a solidão de um cativeiro, a agonia da tortura ou a dor da fome, está à frente de 500 milhões de outras pessoas no mundo. 


Se você frequenta uma igreja sem medo de ser importunado, preso, torturado ou morto, é mais abençoado que 3 bilhões de pessoas no mundo.

Estas informações foram tiradas do site eJesus. Não sei o quanto são precisas, mas acredito que representam bem a realidade. O autor do artigo, que não é mencionado, concluiu o seu texto dizendo: 

Saber disso não deve criar em você sentimento de culpa, mas de gratidão a Deus por ele ter lhe permitido esta situação privilegiada. Porém, é preciso se sentir incomodado. A culpa deve ser a de ignorarmos os homens, mulheres e crianças deste mundo que não têm o que temos. Gastar a maior parte de nosso tempo, dinheiro e recursos apenas conosco e com nossa família é uma culpa legítima.

Saber estas coisas realmente deve nos trazer sentimentos opostos: grande alegria por ser tão abençoado e ao mesmo tempo compaixão com o sofrimento do nosso próximo. 

Sejamos mais gratos a Deus e também mais prontos para compartilhar o que temos com pessoas que necessitam. Que possamos meditar dia a dia nas grandes coisas que o Senhor faz por nós e no quanto ele tem nos abençoado.

Conhecimento gera gratidão.

Comentários