Tempo de plantar

Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa (Ec 11.6a).

Para colher é preciso plantar. Sabemos disso, mas nem sempre plantamos todas as sementes que temos. 

Segundo um artigo publicado na revista especializada “Science”, uma semente com cerca de 2000 anos encontrada no deserto da Judéia, foi plantada por cientistas israelenses e germinou. Isso a tornaria a semente mais antiga do mundo a germinar de que se tem conhecimento. 

A semente de Tâmara foi encontrada em escavações em 1963, na antiga fortaleza do rei Herodes, em Masada, perto do Mar Morto. A semente mais antiga a ser germinada antes dessa, foi uma flor de lótus que tinha 1,3 mil anos de idade. 

“Palavras são como sementes. Atitudes são como sementes. Projetos são como sementes. Sementes, para germinar, precisam ser plantadas. Se a muito tempo, você guarda alguma semente, plante-a”.

Gostei desta história. Principalmente a ideia de que mesmo depois de muito tempo, uma semente guardada, aparentemente perdida, esquecida, ainda pode ser plantada. E não somente ser plantada, mais ainda pode germinar. 

Uma minúscula semente pode gerar uma grande árvore. Mas uma semente guardada, por mais potencial que ela tenha, continuará sendo uma humilde semente.

Aproveite as oportunidades. 

Semeie todos os dias boas palavras, bons pensamentos. Semeie tudo de bom que você puder. As sementes ruins destrua, não permitas que elas venham a crescer. 

Plante o melhor que você pode ser, as boas atitudes que você pode ter. As flores, os frutos que colheremos no futuro estão diretamente ligadas às sementes que lançamos hoje.

Plante com abundância, plante boas sementes. Plante com alegria na confiança de que Deus, no tempo certo, irá fazê-las brotar. Ele mandará a chuva e as fará crescer. 

Plante mesmo se estiver triste. Lembre-se do que disse o salmista: “aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão” (Sl 126.5).

Ainda é tempo de plantar.

Comentários