Fragilidade da vida


Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria (Sl 90.12).

Tiago diz que somos como a neblina que aparece por um instante e logo se dissipa (Tg 4.14). Ele aplica este exemplo falando sobre o perigo da arrogância de acharmos que temos controle da nossa vida quando vivemos acreditando que podemos decidir o que vai acontecer, como se tudo dependesse de nossas decisões pessoais. 

Tiago está correto quando diz que precisamos tomar cuidado para não sermos orgulhosos. Além de não termos o controle, nossa vida é extremamente frágil. Vivemos poucos anos. Nascemos, vivemos e logo morremos.

Ter a consciência da fragilidade da vida fará toda diferença no modo em que iremos vivê-la. O Rev. Douglas Boaventura escreveu: 

Se a fragilidade da vida fosse realmente levada a sério, certamente o mundo já seria bem diferente. No mínimo seríamos mais humanos e humildes, menos ambiciosos, e mediríamos melhor as palavras, ações e propósitos do nosso coração. 


A vida é muito mais breve do que imaginamos. A qualquer instante somos tomados deste mundo e daqui nada levamos. Pior ainda é deixar um legado inútil e sujo, com atitudes indignas de serem imitadas. E ao fim, ter que apresentar-nos diante do Justo Juiz e prestar contas da vida e do tempo que ele nos concedeu aqui.

Devemos clamar como o salmista que disse: Ajuda-nos a entender como a vida é breve, para que vivamos com sabedoria (Sl 90.2). Se entendermos como são poucos os dias da nossa vida saberemos vivê-los melhor.

Não desperdice sua vida. Busque vivê-la em sabedoria. Vivê-la diante de Deus e não distante Dele. Não desperdice sua vida, viva com qualidade, viva em paz. Qualidade e paz na vida é só Jesus que pode dar. 

A vida é breve, mas pode ser vivida intensamente, plenamente, amorosamente. 

Como diz Paulo aos Efésios, devemos remir o tempo porque os dias são maus (Ef 5.16). Devemos aproveitar cada oportunidade. Buscar saber o que fazer e fazer o que é nosso dever.

Reflita e viva melhor para glória do Senhor.

Comentários