As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Encontre a saída


Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida (Jo 8.12).

Acredito que todos nós já entramos em alguma rua sem saída. O que fazemos quando isso acontece? Nos desesperamos? Ficamos parados no lugar onde a rua termina? Claro que não.

Logo que descobrimos nosso erro, ou a falha na sinalização, contornamos. Voltamos e buscamos outra rua que realmente possa nos levar ao destino certo. 

Quando entramos em uma rua sem saída, acabamos por descobrir que ela tem uma saída: o caminho pelo qual entramos (Autor desconhecido).

Na vida, às vezes descobrimos que estamos em uma rua sem saída. Atitudes erradas, decisões precipitadas, pecados. Percebemos que se continuarmos naquele caminho, naquela rua, em breve teremos de parar. 

Alguns não se importam, pisam no acelerador e causam grande acidente. Outros se desesperam e ficam parados sem saber o que fazer. 

Mas, o que fazer? 

A resposta é simples: A mesma coisa que fazemos quando estamos de carro e entramos em uma rua sem saída. Logo que descobrimos que erramos, devemos parar e contornar. Não temos outra solução a não ser esta.

No caminho da vida, devemos estar atentos à sinalização. Deus sempre está indicando a melhor direção, qual o caminho que devemos andar, nós é que não prestamos atenção. Jesus é a luz da vida. Em Deus temos luz para o caminho. 

Agora se nos desviarmos do caminho, se entrarmos em alguma rua sem saída, precisamos logo reconhecer. E sempre, este reconhecimento deve ser acompanhado de imediata conversão. 

É preciso fazer a manobra, pois a saída só será possível com o retorno e nova direção. Deus nos ajuda. Suplique ao Senhor: “Desvia-me dos caminhos enganosos; por tua graça, ensina-me a tua lei” (Sl 119.29). “Desvia os meus olhos das coisas inúteis; faze-me viver nos caminhos que traçaste” (Sl 119.37).

Que Deus nos ajude a andar em caminhos retos. E que possamos desviar das ruas sem saída. No caminho de Deus nosso destino é certo.

Segurança, tenho em Deus.

Comentários