As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Viva de forma sábia


O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria; revelam prudência todos os que o praticam (SI 111.10). 

Quando caía a noite, um passarinho que tinha sido posto numa gaiola começava a cantar. Um morcego ouviu sua voz. Foi perguntar-lhe por que de dia ele descansava e à noite cantava. 

O passarinho respondeu: Tenho minhas razões. Foi cantando de dia que terminei preso; desde então, aprendi a ser sensato. 

O morcego lhe disse: A prudência agora não adianta de nada: porque não a usaste antes de te prenderem! 

Esta é uma grande verdade. 

Como este passarinho, muitas vezes agimos somente depois do estrago já ter sido feito. Colocamos alarme na casa e reforçamos a fechadura depois que fomos assaltados. Cuidamos da saúde depois que ficamos doentes, economizamos depois de gastar mais do que devíamos. 


Além das atividades comuns, a prudência é recomendada principalmente em relação a nossa vida espiritual. O pedido de Davi em favor de seu filho Salomão foi para que Deus concedesse prudência para ele guardar e cumprir a lei de Deus. 

Podemos evitar muitos problemas, tristezas e quedas se guardarmos a Palavra de Deus no coração. Para crescer em prudência precisamos viver atentos e vigilantes.

Quem despreza a sabedoria está correndo grande risco. Salomão afirma que os insensatos são quem desprezam a verdade: “O temor do SENHOR é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino” (Pv 1.7). Só os insensatos desprezam a prudência. 

Provavelmente o passarinho, desde pequeno, foi alertado por sua mãe ou pelo manual dos pássaros sobre o perigo de ser capturado. Amigos devem ter lhe alertado - “Não cante próximo de humanos, cante somente à noite”. 

Mas ele ignorou os tantos apelos e acabou sendo capturado. Pensemos nisso. Sejamos mais cuidadosos, mais prevenidos. Quando Deus falar conosco e nos orientar, que possamos ouvir e obedecer. Lembremos que Deus sempre quer o nosso bem. Por isso suas advertências são para nos proteger. 

O prudente busca viver em sabedoria.

Comentários