Estou presente


E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século (Mt 28.20b). 

Não estamos sozinhos! Nunca, nem por um segundo sequer. Que alegria, pois além de não estarmos sozinhos, temos conosco a melhor, a mais importante e suficiente companhia de Deus. 

Jesus tinha ressuscitado. Mas ainda havia um clima de dúvida e apreensão. Ele se encontra com os seus onze discípulos. Quando o viram, alguns se encheram de alegria e o adoraram. Mas o texto diz que alguns duvidaram. 

Jesus então se aproxima deles e confirma que Deus lhe deu todo poder, dizendo: “Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra” (Mt 28.18a). 

Ele fala ainda sobre a necessidade deles permanecerem firmes em sua missão. 

“Vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-os a obedecer a tudo o que tenho ordenado a vocês” (Mt 28.19-20a - NTLH). 

Então, diz algo muito importante, algo que eles nunca deveriam esquecer. Quando o medo, a dúvida, a insegurança, a falta de fé vierem a chegar: “Lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos” (Mt 28.20b - NTLH). 

Como disse F. B. Meyer: 

Nos dias de inverno, quando as alegrias fogem; nos dias sem sol, quando as nuvens voltam outra vez; e, mais uma vez, após a chuva; nos dias de enfermidade e dor; nos dias de tentação e perplexidade, tanto quanto nos dias em que o coração está repleto de gozo como os bosques acham-se repletos de canções na primavera.

Não há dia em que o Senhor Jesus não esteja ao lado de seus santos. O amado e o amigo podem estar distantes, mas ele caminha ao lado deles por entre as chamas; vadeia com eles os rios; coloca-se ao lado deles quando enfrentam o leão. 

Na companhia de Deus vivemos livres do medo e da morte. Temos os recursos necessários para executar seus planos, sabedoria para tomar as melhores decisões e força para vencer as tentações. 

Nunca estamos sozinhos. 

Comentários