Em busca dos que são seus


“Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o perdido” (Lucas 19.1-10).

A vida de Zaqueu nos mostra a condição na qual se encontram os pecadores diante de Deus. Estão alienados como inimigos dele por causa do pecado. No entanto vemos, também, a maneira como Jesus busca a cada um dos seus. 

Esta é a sua última viagem nesta terra (Lc 18.31-34). Antes, porém, da sua morte e Ele busca e salva Bartimeu (Lc 18.35-43) e Zaqueu, ambos residentes na cidade de Jericó. 

Com Zaqueu vemos que Jesus veio buscar e salvar o perdido.
A Graça Irresistível é a profunda ação de Deus para atrair a Si os pecadores por Ele eleitos desde a eternidade e chamados segundo a Sua Soberana vontade e misericórdia.


I – JESUS, COMO O BOM PASTOR, BUSCA ZAQUEU.
“Entrando em Jericó, atravessava Jesus a cidade” (19.1). A ida do Senhor Jesus a Jericó foi intencional, como também fora, a sua passagem por Samaria (Jo 4). 

a) Jesus atravessa a cidade. Vemos no texto que Ele não parou em nenhum lugar, estava atravessando a cidade para se encontrar com uma pessoa que deveria ser salva. Por outro lado, essa pessoa foi tocada pelo Espírito Santo para se encontrar com o Senhor 

b) Zaqueu corre para vê-lo. “Eis que um homem, chamado Zaqueu, maioral dos publicanos e rico, procurava ver quem era Jesus, mas não podia, por causa da multidão, por ser ele de pequena estatura”. O mover do Espírito Santo através da Graça Irresistível é uma coisa divina e gloriosa no coração do ser humano.

c) Zaqueu. “Então, correndo adiante, subiu a um sicômoro a fim de vê-lo, porque por ali havia de passar.” Ele corre ansiosamente em direção do Senhor. 


II – JESUS, COMO O PRECIOSO AMIGO, SE HOSPEDA NA CASA DE ZAQUEU. 

a) Jesus sabia onde estava a pessoa com quem Ele ia encontrar-se. “Quando Jesus chegou aquele lugar, olhando para cima, disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, pois me convém ficar hoje em sua casa”. É uma coisa maravilhosa sabermos que esse encontro que tivemos com o Senhor Jesus um dia, também já estava por ele programado, desde os tempos eternos.

b) Zaqueu soube que Jesus era seu amigo. “Ele desceu a toda a pressa e o recebeu com alegria”. Há um cântico que diz: “Não existe nada melhor do que ser amigo de Deus”. Abençoados são os amigos de Deus, como Abraão, Davi, e tantos outros.

c) As Pessoas não entenderam o valor daquela amizade. “Todos os que viram isto murmuravam, dizendo que ele se hospedara com homem pecador”. De fato, Jesus, ao habitar entre nós, hospedou-se com todos pecadores.

III – JESUS, COMO O REDENTOR AMADO, SALVA E TRANSFORMA ZAQUEU

a) Entrementes Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: – Na vida de um homem com um histórico nada bom, conforme nos diz o texto, teve uma rápida e regeneradora transformação. Este entrementes nos mostra que enquanto ouvia o Senhor Jesus o seu coração foi transformado. O pior passou a ser o melhor entre os melhores.

b) Resolvo dar aos pobres. Vemos que a grande demonstração de conversão de uma pessoa se manifesta quando o seu bolso é total e integralmente consagrado ao Senhor buscando o bem estar dos pobres.

c) Se Nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais. Quando alguém está resolvido a devolver aquilo que tomou de maneira errada, os bens que conseguiu de maneira iníqua, está demonstrando o quão convertido se encontra. Jesus é assim. Ele muda radicalmente a pessoa, e para o melhor.

------------------------------------
Antonio Coine é Pastor Emérito da Igreja Presbiteriana Monte Sião (Botucatu), atuando como ministro há 40 anos na Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pela Faculdade de Teologia da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil - SP. Licenciado em Filosofia. Mestre em Divindade e Doutor em Ministério pelo Seminário do Canadá em Manitoba/CA. Foi pastor da Igreja Presbiteriana do Canadá e missionário dessa denominação entre os povos de Língua Portuguesa, quando plantou a Igreja Presbiteriana de Língua Portuguesa do Presbitério West Toronto, IPC que foi organizada em outubro de 1988. É autor do livro "Das Sagradas Escrituras - Uma coletânea de esboços de sermões para um ano litúrgico - Vol. 1".

Tecnologia do Blogger.