Hino 058 - Ofertas


A minha vida, com meus bens,
Provém de ti, Senhor!
Saúde, veste, abrigo e pão
São dons do teu amor!

Oh! Não permitas, Pai de amor
Que aquilo que me dás
Eu ouse, incauto, desviar
Em causas vãs ou más!
]
Não deixes que meu coração
Se engolfe no prazer,
E no fruir de muitos dons
Eu venha te esquecer!

Mordomo teu, eu quero dar
À Igreja, em proporção,
A quantas bênçãos recebi
De tuas próprias mãos!

Aceita a minha oferta, ó Deus,
E bênçãos dá-me a flux.
Sim, dá-me sempre o que ofertar
À causa de Jesus! Amém.

Comentários