As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Felicidade desejada


Leitura Bíblica: Lucas 14.15-23
Eis que venho em breve! Feliz é aquele que guarda as palavras da profecia deste livro (Ap 22.7).

Quero ser feliz. 

Esta é a mensagem que reverbera o tempo todo em nossa mente. É o desejo mais cobiçado e infelizmente mais desperdiçado. 

A felicidade está muito perto, mas parece que no lugar de apreciá-la, a afastamos de nós. 

A felicidade brota em nosso coração através da presença de Deus e nós, descuidadamente, a afogamos com o nosso pecado.

É tempo de compreender que a felicidade é conquistada na presença de Deus, através do cultivo de um coração puro. 

“Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” (Mt 5.8). 

O Rev. Hernandes Dias Lopes diz palavras muito sábias a respeito disso: 

“Jesus disse que felizes são os puros de coração, porque estes verão a Deus. Enganam-se aqueles que pensam que a felicidade está nas iguarias do mundo. 

A felicidade está exatamente em abster-se desse banquete. Os licores do pecado podem ser doces ao paladar, mas são amargos no estômago. 

Podem dar prazer por um momento, mas não satisfazem o coração para sempre. Não são aqueles que curtem as aventuras da vida que são felizes, mas os que se mantêm castos. 

Não são aqueles que se entregam à volúpia que encontram a felicidade, mas os que guardam puro o coração. A felicidade não está no banquete do pecado, mas na festa da santidade”.

Feliz é quem no lugar de desculpas se propõe a participar da mesa do Senhor. “Feliz será aquele que comer no banquete do Reino de Deus” (Lc 14.15). 

Quem busca a pureza de coração e se dedica a viver uma vida de santidade é mais feliz. Estes são os que têm real felicidade. 

Se queremos realmente ser felizes precisamos compreender isso. Quem deseja felicidade deseja conhecer a Deus. 

Vive buscando estar mais próximo de Deus e não do pecado. 

“Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita, que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer” (Tg 1.25).

Felicidade é perseverar nos caminhos de Deus.

Comentários