Quando passares


Quando passares pelas águas, eu estarei contigo (Is 43.2a RA).

Isaías 43 nos traz uma promessa maravilhosa de proteção e livramento. É uma promessa baseada no amor que Deus tem por nós, seus filhos. 

Deus disse através do profeta Isaías: “Não tenha medo, pois eu estou com você” (Is 43.5a). “Visto que você é precioso e honrado à minha vista, e porque eu o amo^” (Is 43.4a).

Li um comentário sobre este texto que achei muito especial, no livro Mananciais no Deserto. Lettie Cowman, o autor do livro, disse: 

"Deus não abre de antemão o caminho à nossa frente, mas somente à medida que vamos dando cada passo. Ele não promete enviar ajuda antes de ser necessário. Ele não retira os obstáculos do caminho antes de chegarmos a eles. Mas quando chegamos ao extremo da nossa necessidade, ali está a mão de Deus, estendida. 

Muitos se esquecem disto e estão sempre ansiosos por causa das dificuldades que preveem para o futuro. Esperam que Deus esteja aplanando e abrindo o caminho, quilômetros à sua frente, quando ele prometeu fazê-lo passo a passo, segundo a necessidade. Precisamos antes chegar às águas e entrar em sua correnteza, para então clamar pela promessa".

É certo que Deus nem sempre nos livra da aflição, mas na aflição. Deus nos livra quando passamos pelas adversidades e não de todas as adversidades. 

Lettie Cowman termina sua devocional com as seguintes palavras: 

Disseste: “Ao passares pelas águas, estarei contigo”. Passei por águas fundas... E o que eu ouvira com meus ouvidos, então provei — Tua presença esteve comigo! Disseste: “Ao passares pelos rios, não te cobrirão”. 

Passei por rios turvos... E o que eu ouvira com meus ouvidos, passei a ver—A Tua mão me susteve à tona. E provei que és fiel! Disseste: “Ao passares pelo fogo, não te queimarás”. Eu não passei por fogo... Porém, se um dia for passar, (Meu Deus!). Eu sei que estás velando pela Palavra, e a cumprirás! Pois eu ouvia com meus ouvidos, Senhor, mas hoje, os meus olhos te veem.”

O amor e o cuidado de Deus lançam fora o nosso medo.

Comentários