O bom pastor


Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas (Jo 10.11- leia também Salmo 23)

O Salmo 23 é um dos textos mais conhecidos das escrituras sagradas. Acredito que por ser uma salmo de acolhimento. Todos nós precisamos dos cuidados do pastor. 

Davi faz a comparação de um pastor, que no campo cuidava de suas ovelhas, com Deus e seu cuidado para conosco. 

Davi, como um pastor de ovelhas, escolhe a metáfora perfeita. Pois como ovelhas nós somos frágeis, carentes e precisamos de direção. Como um pastor Deus é o guia, o que alimenta e dirige seu rebanho. 

Quem reconhece sua fragilidade e tem o Senhor como pastor está seguro. “O Senhor é o meu pastor e nada me faltará” (SI 23.1). 

A promessa aqui é muito maior do que prosperidade financeira ou saúde. Ter o Senhor como pastor é poder viver na presença de Deus. 

A palavra traduzida como “nada" também pode ser traduzida como “não”. Ficaria assim: O Senhor é o meu pastor, não me faltará". 

Como diz Alan Rennê Alexandrino Lima: 

A ênfase do autor do salmo é na presença sempre certa, sempre constante, do Senhor com ele e com o seu povo. É o Senhor quem concede repouso. É ele quem conduz às águas de descanso. É o Senhor quem refrigera a alma. É Deus quem guia pelas veredas da justiça. 


É Deus quem está do nosso lado quando atravessamos o vale da sombra da morte. É ele quem nos consola; quem nos recebe como um anfitrião; quem unge a nossa cabeça; quem envia sua bondade e misericórdia para nos acompanharem por onde quer que andemos. 

O Senhor é meu pastor, ele não se ausentará. Ele cuidará de nós. Jesus é o nosso pastor, ele deu sua vida por nós. 

Ele disse em João 10.14: “Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim”. Ser conhecido e conhecer o grande pastor nos leva a completa satisfação. Pertencemos a Deus e estamos seguros. 

Que mais do que conhecer o Salmo 23 possamos dia a dia conhecer e viver ao lado do pastor do salmo, confiando em sua proteção. 

Nunca, Jesus, o nosso pastor, nos faltará.

Comentários