As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Espera abençoada


Nossa alma espera no SENHOR, nosso auxílio e escudo (SI 33.20). 

Muitos, como eu, ficam um pouco ou muito irritados quando têm que esperar. É difícil esperar ser atendido em uma consulta, esperar nas muitas filas, esperar uma reunião começar e até mesmo ela acabar. 

Mas a espera faz parte da vida. Algumas são por causa da negligência humana, mas outras, porque fazem parte do plano de Deus. 

A Bíblia nos ensina em algumas passagens que devemos esperar no Senhor. “Descansa no Senhor e espera nele” (SI 37.7). “Espera pelo Senhor, tem bom ânimo” (SI 27.14). “Espera no Senhor, segue o seu caminho” (SI 37.34). 


A espera em Deus nunca deve nos irritar, muito menos nos fazer questionar o seu propósito. Devemos, como Davi em nosso texto base, esperar com confiança. 

Uma espera em paz. Uma espera em alguém que sabe o que faz, que é dono do tempo. Que sabe o momento apropriado de cada coisa acontecer. 

Paul David Tripp disse: 

Para o filho de Deus, esperar não significa apenas o que ele vai receber ao final de sua espera. Deus usa a espera para fazer em mim e através de mim exatamente o que ele prometeu. 


Através da espera ele está me transformando. Através da espera ele está mudando os meus pensamentos e desejos. Através da espera ele está me levando a ver e a experimentar novas coisas sobre ele e sobre seu reino. Tudo isso me molda e me capacita a ser uma peça mais útil em suas mãos redentoras. 

A espera faz parte de nossa formação. Enquanto esperamos amadurecemos. Muitas vezes nosso problema em esperar está relacionado à insegurança do que virá e à falta de controle de quando virá. 

Mas quem espera no Senhor sabe que o livramento virá. Sabe que sua alma pode descansar. Quem espera no Senhor segue o seu caminho tranquilamente. 

Na caminhada fortifica seu coração. “Por isso, cingindo o vosso entendimento, sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo” (1 Pe 1.13). 

O amor é paciente, tudo espera.

Comentários