Filho adotado


Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos, por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade (Ef 1.5 - Dt 7.6-8). 

O que significa ser adotado? O livro Histórias para Aquecer o Coração 2, de Jack Canfield e Mark Victor Hansen, conta uma pequena história que capta bem esta questão. 

Debbie Moon, professora do primeiro ano, estava com seus alunos vendo a fotografia de uma família. Na foto, um menininho tinha o cabelo de cor diferente da dos outros. 

Uma das crianças achou que ele era diferente porque devia ter sido adotado, e uma menininha chamada Jocelyn disse: Eu sei tudo sobre adoção porque eu sou adotada. O que quer dizer ser adotado? - perguntou uma outra criança. 

Significa - disse Jocelyn - que você cresceu no coração de sua mãe em vez de crescer na barriga dela" (George Dolan). 

Somos filhos adotados por Deus. Isso de forma alguma vem a diminuir o nosso relacionamento com ele. Pelo contrário, saber que somos filhos adotivos nos conforta. 

É muito bom saber que nascemos no coração de Deus. Que somos próximos dele e, mesmo não merecendo sua atenção, vivemos sob seu cuidado. Somos adotados e agora filhos amados de Deus. 

Em nosso texto base encontramos a seguinte afirmação: “Porque tu és povo santo ao SENHOR, teu Deus; o SENHOR, teu Deus, te escolheu, para que lhe fosses o seu povo próprio, de todos os povos que há sobre a terra" (Dt 7.6). 

Entre tantas pessoas. Deus nos escolheu, não porque éramos melhores ou mais atraentes do que os outros, o motivo da afeição de Deus por nós foi seu amor. 

Por isso, podemos viver em paz e segurança, e não atemorizados. Paulo diz em Romanos 8.15 que recebemos espírito de adoção e não de escravidão, e assim podemos nos aproximar de Deus como um filho se aproxima de seu pai. 

Podemos clamar a Deus: Aba, Pai. Suplicar a Deus como o nosso querido pai. Oramos com fé, temos esperança em Deus Pai, aquele que cuida de nós hoje e nos redime do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus (Rm 8.22b). 

Somos filhos de Deus.

Comentários