Felicidade


Feliz és tu, ó Israel! Quem é como tu? Povo salvo pelo SENHOR, escudo que te socorre, espada que te dá alteza (Dt 33.29a).

Como encontrar a felicidade? Uma pergunta que parece simples, mas de simples não tem nada. A felicidade é um bem muito procurado, mas são poucos que realmente a encontram. Se fosse fácil ser feliz não veríamos tanto sofrimento e tristeza por todos os lados. 

De forma objetiva, podemos responder que para encontrar a felicidade precisamos nos distanciar daquilo que causa tristeza e nos aproximar do que traz alegria. 

Mas como nos afastar da tristeza se dia a dia somos incomodados por notícias e acontecimentos ruins? 

O que ocorre é que quando nos aproximamos da alegria somos fortalecidos de forma que mesmo passando por dificuldades ainda permanecemos firmes. Nossa alegria não sucumbe diante dos problemas.

Deus é fonte de toda alegria. Quando buscamos a Deus, somos fortalecidos. Na força de Deus, sentimos proteção e alegria. 

Jesus é o sustentador de todas as coisas. Ele é a vida plena que deseja conceder sentido a todos os homens. Em Jesus Cristo está represada a plenitude da alegria, do contentamento e da paz. Ele é o meio pelo qual todas as coisas existem. Ele é a luz que pode iluminar uma vida escura, limpar-lhe a sujeira, colocar novo propósito e derramar contentamento (Renato Duarte).

Para encontrar a felicidade precisamos viver com Jesus. A verdadeira felicidade não pode ser encontrada nas muitas posses ou no poder dos grandes cargos. 

Muito menos a felicidade pode ser encontrada no pecado, na embriaguez, na devassidão moral. O caminho da felicidade é o caminho da santidade. Viver em dignidade, fazer o bem. O ser é mais importante do que o ter.

É certo que assim como a santidade plena, a felicidade plena não será encontrada e desfrutada aqui neste mundo. Mas também é fato que, como cristãos. Deus nos faz mais felizes e santos a cada dia. Deus ilumina o nosso caminho e traz paz ao nosso coração.

Quem encontra Deus encontra a felicidade.

Comentários