Melhor imagem


Quanto a mim, bom é estar junto a Deus; no SENHOR Deus ponho o meu refúgio, para proclamar todos os seus feitos (SI 73.28). 

Muitas pessoas, para se sentirem seguras, seguem o caminho da falsidade, do temor do homem. Agem de forma diferente dependendo de com quem estão. Mudam de opinião rapidamente. 

O que parece uma atitude que promove segurança é na verdade uma atitude de autodestruição. Concordo com as palavras de Brennan Manning: “A vida em torno do falso eu gera o desejo compulsivo de apresentar ao público uma imagem perfeita, de modo que todos nos admirem e ninguém nos conheça”. 

Como disse Salomão: “Melhor é a boa fama do que o unguento precioso” (Ec 7.1). Boa fama é uma boa reputação que foi construída pelo trabalho verdadeiro, por uma vida de testemunho fiel. 

Ter o nome limpo é melhor que um bom perfume. Ou seja, não adianta nada cheirar bem do lado de fora e estar sujo por dentro. 



A melhor imagem é aquela que é refletida do coração. Não podemos construir nossa imagem com base na falsidade, mas na verdade e no relacionamento com Deus. 

B. Manning continua dizendo: 

Sentir-me seguro é deixar de viver na mente, descer fundo ao coração e sentir que sou querido e aceito... sem precisar mais me esconder ou me distrair com livros, televisão, filmes, sorvete, conversas superficiais... permanecendo no presente sem escapar para o passado, nem me projetar no futuro, alerta e atento ao agora... sentindo-me tranquilo e não nervoso ou tenso... sem necessidade alguma de impressionar ou deslumbrar as pessoas ou chamar a atenção para mim. 

Que possamos seguir em paz com Deus na busca de viver para agradá-lo, como diz o cântico de Ricardo de Chicester: “mais claramente ver-te, mais intensamente amar-te, mais proximamente seguir-te”. 

Quem vive para agradar a Deus pode não agradar a todos, mas será uma bênção na vida das pessoas certas. Que nosso maior desejo seja estar na presença de Deus. Só quem permanece nele vive na verdade. 

Para mim, bom é estar perto de Deus. 

Comentários