Bom é louvar


Aleluia! Louvai ao SENHOR do alto dos céus, louvai-o nas alturas (SI 148.1)

Como é bom louvar ao Senhor. Com grande sensibilidade e simplicidade, os salmistas deixaram registradas grandes poesias de amor e louvor ao Deus criador.

Veja que lindas palavras:

Aleluia! Como é bom cantar louvores ao nosso Deus! Como é agradável e próprio louvá-lo! Só ele cura os de coração quebrantado e cuida das suas feridas. Ele determina o número de estrelas e chama cada uma pelo nome.

Grande é o nosso Soberano e tremendo é o seu poder; é impossível medir o seu entendimento. O Senhor sustém o oprimido, mas lança por terra o ímpio. Ele cobre o céu de nuvens, concede chuvas à terra e faz crescer a relva nas colinas. Ele dá alimento aos animais, e aos filhotes dos corvos quando gritam de fome.

Não é a força do cavalo que lhe dá satisfação, nem é a agilidade do homem que lhe agrada; o Senhor se agrada dos que o temem, dos que depositam sua esperança no seu amor leal. É ele que mantém as suas fronteiras em segurança e que a supre do melhor do trigo. Ele envia sua ordem à terra, e sua palavra corre veloz” (SI 147.1, 3-6, 8-11, 14-15 - NVI). 

O louvor e a adoração não são mais uma atividade de nosso dia. Não são apenas um dos itens ou tarefas que estão anotadas em nossa agenda. Louvor e adoração fazem parte da nossa comunhão diária com Deus.

“Comunhão é o objetivo, e não riscar um item de nossa lista diária de coisas a fazer” (Kevin Deyoung).

O louvor deve ser como o nosso respirar, algo que nos mostra que estamos vivos. A adoração é o maior investimento de nossas vidas. É tempo envolvido com o criador, nosso salvador, o nosso Deus e amigo. 

Acordamos todos os dias e, se estamos saudáveis, temos diversas tarefas que iremos cumprir. O cristão quando acorda, se está saudável espiritualmente, busca a Deus em oração e faz de seu dia uma constante adoração.

Quando permanecemos em Deus, quando sua palavra permanece em nós estamos em verdadeira sintonia com ele. 

Agrade ao Senhor.

Comentários