Hino 387 - Combate



1. Moços, declarai guerra contra o mal, 
Exaltai a cruz do Salvador! 
Firmes empunhai armas não carnais, 
Sempre confiai em seu amor!

    Todos juntos ao redor da cruz, 
    Prontos, firmes estejamos nós! 
    Sim, avante, alegres, corajosos, 
    Sempre ouvindo de Jesus a voz.

2. Moços, avançai! Fortes vos tornais, 
Se o valor da Causa conheceis. 
Tremulante em luz, erguei o pendão,
Garantia de que vencereis!

3. Nosso Deus e Pai, ouve com favor!
Vem nos ajudar a combater!
E vencida, enfim, a luta final
A coroa vem nós conceder.

Informações
Letra e música: William Fiske Sherwin, 1869
Tradução: Manoel de Arruda Camargo, 1894

História
Letra e música deste hino são de William Fiske Sherwin, produzidas em 1869. Nasceu em Buckland, Massachusetts, em 1826. Estudou música com Lowell Mason e George Webb. 

Foi professor de música em diversas cidades e, finalmente, no "New England Conservatory of Music" em Boston, onde lecionou canto e regência coral. Pela sua habilidade na organização de grupos corais, foi indicado pelo Dr. John J. Vincent para reger os coros da "Chautauqua Assembly" em Nova York, posição que ocupou em 1874 até 1888, ano de sua morte. 

A tradução é do Rev. Manoel de Arruda Camargo, pastor metodista nascido no Estado de São Pauto em 1870. Foi encaminhado para o ministério pelo Rev. J. W. Tarboux em 1886. Auxiliou este grande pastor na Igreja Metodista Central de São Paulo, pastoreou outras igrejas no interior de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. 

Foi pastor itinerante até 1896, quando assumiu o pastorado da Igreja Metodista do Catete, no Rio de Janeiro, da qual foi o primeiro pastor brasileiro. Foi funcionário público durante dezesseis anos e, por algum tempo, trabalhou na Igreja Presbiteriana. São diversos os hinos de sua autoria, dois dos quais figuram em nosso hinário. Este pastor e poeta faleceu em 1936.

Tecnologia do Blogger.