Hino 240 - Louvor Angelical



1. Eis dos anjos a harmonia!
Cantam glória ao Rei Jesus.
Paz aos homens! Que alegria!
Paz com Deus em plena luz.
Ouçam povos, exultantes;
Ergam salmos triunfantes,
Aclamando seu Senhor;
Nasce Cristo, o Redentor!


    Exultai, ó terra e céus,
    Dando glória ao Homen-Deus!

2. Cristo, eternamente honrado,
Do seu trono se ausentou!
E entre os homens, encarnado,
Deus conosco se mostrou.
Quão bondosa Divindade!
Quão gloriosa Humanidade!
Salve Cristo, Emanuel,
Luz do mundo, Deus fiel!

3. Cante o povo resgatado:
Glória ao Príncipe da Paz!
Deus em Cristo, revelado
Vida e luz ao mundo traz!
Nasce a fim de renascermos!
Vive para revivermos!
Rei, Profeta, Intercessor,
Louvem todos ao Senhor!

Informações
Letra: Charles Wesley, 1739
Tradução: Robert Hawkey Moreton, 1887
Música: Felix Mendelssohn - Bartholdy - 1809- 1847 / da cantata "Festgesang", 1840
Arranjo: William Hayman Cummings, 1855

História
O Rev. Charles Wesley, fundador do metodismo, nasceu em Epworth, na Inglaterra, em 1707. Em sua família contamos quatro poetas sacros de grande importância: seu pai, Samuel Wesley, e seus irmãos Samuel e John. 

Charles foi sem dúvida o mais importante, considerado o grande poeta do metodismo. Julian, em seu dicionário de hinologia, afirma que "quer pela quantidade, quer pela qualidade, Charles Wesley pode ser considerado o maior poeta sacro de todos os tempos. 

Na verdade foram mais de seis mil hinos escritos por ele, entre os quais este "Hark! The herald angels sing" publicado em "Hymns and Sacred Poems" em 1739. Durante um século várias músicas foram associadas ao poema. 

A melodia que definitivamente ficou relacionada e com a qual o texto tem atravessado o tempo e todas as fronteiras, procede de uma obra de Felix Mendelssohn-Bar-Tholdy (v. hinos n° 102 e 168), a cantata "Festgesang" escrita em 1840 para as celebrações do aniversário da invenção da imprensa. A associação foi feita por um organista da Abadia de Waltham, William Hayman Cummings (1831 -1915) em 1855. 

Pela primeira vez publicou letra e música em 1857, no "Congregational Hymn and Tune Book", de R. R Chope. Cummings foi cantor, professor, compositor, editor e autor. Foi menino cantor na Catedral de São Paulo em Londres e tomou-se conhecido e apreciado cantor em igrejas da Inglaterra e dos Estados Unidos. 

Sua especialidade era a música dej. S. Bach. Foi professor de canto na "Royal Academy of Music" e diretor da "Guildhall School of Music". Foi também um dos fundadores da "Purcell Society", uma organização interessada no cultivo da música barroca inglesa, escreveu uma biografia de Purcell e foi um dos participantes da edição do famoso "Grove's Dictionary of Music". 

Em 1900 recebeu o título de Doutor em Música pela Universidade de Dublin. Publicou diversas obras sacras que incluem cantatas, hinos e antemas. Faleceu em Londres, em 1915.

Tecnologia do Blogger.