Batalha Espiritual (2): Vista (toda) a armadura de Deus!


Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; 
Efésios 6.11 

O apóstolo Paulo estava preso quando escreveu a carta de Efésios, algemado a um soldado romano na maior parte do tempo. Desta situação Deus lhe mostrou um paralelo existente nos detalhes da armadura do soldado e seus equivalentes sob um ponto de vista espiritual. 

Daí nasce o termo “armadura de Deus”, que reúne as estratégias corretas para habilitar o crente a fim de que enfrente a batalha espiritual. É imprescindível que o crente a use. E a use “toda”. 

Afinal, um soldado distraído poderia, numa situação de batalha, frente a frente com o inimigo, descobrir que esqueceu de seu capacete ou escudo. 

Isto seria e fatal, pois um soldado que carrega apenas parte da armadura ficará frágil nas partes expostas. Muito provavelmente é ali, na brecha, onde o seu inimigo irá atacar. 

Assim também, em relação à batalha espiritual, o cristão nunca deve estar despreparado. Não pode se equipar apenas com “parte” da armadura. Não é só o capacete, ou o escudo, ou a espada, ou mesmo as botas. É imprescindível “toda a armadura”. Nenhuma parte deve estar exposta ao nosso inimigo. 


A fim de realçar essa ideia, Paulo afirma que nosso inimigo, o diabo, é astuto, ardiloso e usa de estratégias. Ele nos ataca secretamente por meio de 'ciladas'. O sentido desta palavra no grego é de algo que está preparado e camuflado. 

Mesmo assim, infelizmente, grande parte dos cristãos ignoram a armadura de Deus. Andam desprotegidos, vestem só algumas partes. 

Não cultivam vida devocional. Não cultivam vida de oração. Desprezam a importante presença nos cultos da igreja, momento importante na vida de qualquer cristão, pois ali acontece a exortação, admoestação e fortalecimento. 

....e consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia - Hebreus 10:24-25  

Uma vez que Deus tem oferecido armas para repelir todo o gênero de ataque do inimigo, para que cada cristão permaneça firme, o que se precisa fazer é revestir-se delas e não deixá-las “dependuradas” na parede. 


Para pensar 

Se sabemos que o nosso inimigo é astuto e ardiloso, arma ciladas, temos nos protegido com toda a armadura de Deus? Temos lido a Bíblia? Temos orado? 

Temos procurado a santificação? Ou temos nos comportado como o soldado negligente, que pendura seus aparatos de proteção na parede e entra na guerra despreparado? 

Não vá para a guerra despreparado. Vista toda a armadura de Deus.

Por Andrei Barros
Tecnologia do Blogger.