A Bíblia tem algo a dizer ao homem moderno?


... sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra - 2 Timóteo 3.15-17

Quero iniciar este texto como uma pergunta dirigida a você, leitor: qual é a sua opinião sobre a Bíblia? Você acredita que ela tem algo lhe dizer nos dias de hoje?


Se você tem dificuldades com a Bíblia, preste atenção no que diz o famoso pregador batista norte americano, Billy Graham: 

“Há uma ideia errônea de que um livro como a Bíblia não pode falar às necessidades do homem moderno... pensam que numa era de realizações científicas... este livro se tornou antiquado. Mas... ela se aplica à nossa geração. É nas escrituras Sagradas que achamos as respostas às perguntas fundamentais da vida: De onde vim? Para que estou aqui? Qual o propósito de minha existência?”

Você pode achar que essa seja uma opinião tendenciosa de um pastor. Mas leia o que o filósofo Immanuel Kant afirmou: “A existência da Bíblia, como livro para o povo, é o maior benefício que a raça humana já experimentou. Todo esforço por depreciá-la é um crime contra a humanidade”. O cientista inglês Isaac Newton também disse: “Há mais indícios seguros de autenticidade da Bíblia do que em qualquer história profana”.

Estes são testemunhos de pessoas que tiveram contato com a Bíblia. Mas o que será que a Bíblia diz dela mesma? Tomando por base o texto da segunda carta de Paulo a Timóteo, podemos verificar que:

A Bíblia é “inspirada por Deus”. Na Bíblia não encontramos a palavra de homens, mas sim a Palavra do próprio Deus. E só Deus pode convencer do pecado, libertar desse pecado e fazer florescer uma nova vida. Quando você ler a Bíblia com a atitude correta (reverência, oração e pedindo orientação do Espírito Santo), pode ter a certeza de que Deus irá falar com você.

A Bíblia nos torna “sábios para a salvação”. Em nossa vida comum existem muitos livros importantes que nos ensinam como podemos nos salvar em determinadas circunstâncias perigosas (livros sobre direção defensiva, primeiros socorros, etc). Da mesma forma ocorre com a Bíblia. Existe nela uma instrução clara de como podemos ser salvos da condenação eterna por meio de Jesus Cristo. 

A Bíblia é “útil para o ensino”. Se qualquer pessoa quiser se tornar sábia para a salvação, deve se instruir pela Bíblia. Por isso que nenhuma igreja que se diz séria pode abrir mão da utilidade da Bíblia para o ensino de seus membros. Ao mesmo tempo, devemos ser “bons alunos” do que a Bíblia tem a nos ensinar. 

A Bíblia é útil “para a repreensão”. Quando a Bíblia é lida com a orientação do Espírito Santo, ela ilumina nossa vida e nos convence do pecado. O rei Davi certa vez cometeu adultério e homicídio, tentando posteriormente ocultar tais fatos. Até que foi confrontado pela Palavra de Deus por meio do profeta Natã. Essa palavra atravessou o coração de Davi como uma espada, convencendo-o do pecado e trazendo arrependimento (2 Samuel 12.7-13). 

A Bíblia é útil “para a correção”. A Palavra de Deus é maravilhosa, porque não somente mostra o pecado, mas é capaz de corrigir o pecador, liberando o perdão. De forma que quem é convencido pela Bíblia não precisa experimentar isso como uma humilhação, mas sim como uma libertação. Entre as pessoas isso pode ocorrer de maneira diferente. 

Quase sempre as pessoas usam os pecados de alguém como um meio para humilhar, para confrontar: “Você se lembra do que me disse? Cuidado porque eu sei seus piores segredos!” Mas a Palavra de Deus não faz isso. Não nos humilha nem nos diminui, mas nos corrige. Quando nós pecamos Deus não nos soterra, nem nos humilha com ironias, mas perdoa mediante o nosso arrependimento. 

Por fim, a Bíblia é útil “para a educação na justiça”. Andar em justiça significa uma conduta, um caminhar segundo a vontade de Deus. É para esta finalidade que nos alimenta a Bíblia. 

Voltemos então à questão do título: A Bíblia tem algo a dizer ao homem moderno? Respondemos com toda a certeza que sim! Aliás, se ensinássemos mais sobre a Bíblia nas escolas não precisaríamos ensiná-la posteriormente nos presídios!

Para concluir, cito novamente Billy Graham: 

“uma das maiores tragédias de nossos dias é que, embora a Bíblia seja um livro de fácil acesso, ela é um livro fechado para milhões – seja porque não a leem ou porque a leem sem aplicar seus ensinos à sua vida... A Bíblia, o maior documento ao alcance da raça humana, precisa não somente ser aberta e lida, mas também precisamos crer nela”.
--------------------------------------------------
Andrei de Almeida Barros é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Em 1998 trabalhou como missionário em Portugal. Formou-se em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e ordenado pastor em 2004. Atualmente cursa Licenciatura em História. É fundador e editor do site www.semeandovida.org
Tecnologia do Blogger.