Uma grandiosa bênção


“De Aser disse: Bendito seja Aser entre os filhos de Jacó, e banhe em azeite o pé. Sejam de ferro e de bronze os teus ferrolhos, e, como os teus dias, durará a tua paz”. (Deuteronômio 33.24,25)

Ao lermos o livro do Deuteronômio notamos como as bênçãos se destacam para o povo de Deus, mesmo e apesar das imprudências e imperfeições da nação israelita. 

É certo que maldições pesadas foram previstas, e depois cumpridas devido desobediência dos filhos que se afastaram quase que totalmente do Senhor não levando em conta a Lei do SENHOR. 

A destruição do Reino Norte, formado pelas dez tribos que foram levadas em cativeiro pelos assírios e assimiladas por outros povos deixando, perenemente sem mais existir. Depois surge o exílio Babilônico, quando o rei Nabucodonozor levou o povo do Reino Sul, ou seja os judeus, que foi a forja na qual Deus disciplinou severamente o Seu povo.

Aqui, neste texto de Deuteronômio 33 temos a bênção que foi proferida sobre as doze tribos de Israel. Destacamos nela os vv. 24,25 a bênção sobre a tribo de Aser. 

Este patriarca era o filho que Zilpa, serva de Lia, havia dado a Jacó conforme Gn 30.12,13 “Depois, Zilpa, serva de Lia, deu o segundo filho a Jacó. Então disse Lia: É a minha felicidade Porque as filhas me terão por venturosa; e lhe chamou Aser”. Gade foi o primeiro filho que Zilpa deu a Lia (Gn 10,11). 

Lia o chama de Asher, que quer dizer Feliz. Moisés ao abençoá-la a quantifica com quatro grandes bênçãos que haveriam de acompanhar esta tribo dos filhos de Israel caso se comportasse de maneira correta e piedosa diante do Senhor. 

Desenvolvendo os pontos fundamentados em Deuteronômio 33.24,25.

Meditando neste texto poderemos observar que esta bênção é para todo o povo de Deus, inclusive para os nossos dias, caso sejamos obedientes.

Auxiliados pelo que comentou o Revdo. Matthew Henry no seu “Comentario Exegetico Devocional a toda La Biblia - Pentateuco” em alguns pontos, observamos o seguinte.



I – UMA BÊNÇÃO EXCEPCIONAL - “Bendito seja Aser entre os filhos de Jacó”.
Interessante notar como Deus está atento e comprometido com as bênçãos que emitimos aos nossos filhos. 

Lia, diz de Aser em Gn 30.13 “É a minha felicidade!” Ao chamá-lo de Asher, feliz, ele se torna, realmente, uma pessoa, e, depois sua descendência, bendita entre os filhos de Jacó. 

Possamos nós, com a piedade de nossas vidas abençoar os nossos filhos no SENHOR para que sejam benditos nesta terra.

II – UM RESPEITO CARINHOSO - “Agrade a seus irmãos”.

Uma pessoa bem-aventurada só pode ser amada dos seus. Isso se constitui na maior bênção na vida de uma pessoa. Não a riqueza, nem a sua prosperidade, mas a maneira como as outras a tratam e a respeitam. Aser tornou-se uma tribo digna de amor, respeito e carinho entre as demais tribos. 

Que a nossa descendência também possa usufruir dos mesmos privilégios no SENHOR.

III – UMA RIQUEZA SEM MEDIDAS – “e banhe em azeite o pé. Sejam de ferro e de bronze os teus ferrolhos”.

O Revdo. Matthew Henry atribui duas fontes de riquezas para a tribo de Aser. 

“A riqueza de seu solo. Em sua superfície. Era proverbial a abundância e a boa qualidade das oliveiras situadas na porção de Aser: banhe em azeite o pé. No subsolo. E isto pode aludir à abundância de minas ali: “ferro e bronze.” 
Esta bênção reporta ao que Jacó o fez em Gn 49.20 “Aser, o seu pão será abundante e ele motivará delícias reais”. E também a fortificação de sua cidade por estar situado no extremo norte e na costa.

A riqueza sem medida que desejamos para os nossos filhos e as subsequentes gerações, nada mais é do que a fé e a confiança no nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo que oferece a todos os que nEle creem vida, e vida em abundância no céu, a Pátria do cristão.

IV – UMA LONGEVIDADE PACÍFICA – “e, como os teus dias, durará a tua paz”. 
Finalmente, Moisés abençoa Aser com a longevidade. 

Alguém que tinha o privilégio de ser bendito e honrado entre os seus irmãos, por um lado, e por outro, ser abençoado com a abundância, nada mais restaria do que ter uma longevidade tranqüila e pacífica. 

Que também nós e nossos filhos, como herdeiros das mesmas bênçãos da Família da Aliança, possamos gozar dessa Grandiosa Bênção que esteve na família, na tribo de Aser.

E ela nos é concedida de maneira única, verdadeira e exclusiva, pelo nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Que Ele nos abençoe e nos ajude.

Tecnologia do Blogger.