O testemunho e a liderança de João Batista


Miss. Madalena Gomes

...Quem és tu? - João 1:19-37 (21a)

Frequentemente nos deparamos com esta pergunta em nossas mentes. Quem sou eu?

Como missionária, tenho tido o privilégio de vez por outra passar por algum tipo de análise e confronto pessoal, seja em um retiro espiritual ou mesmo em treinamento da missão ou da minha equipe. Aliás, isto tem sido quase que constante nos últimos anos.

Quem sou eu?
Aparentemente esta pode parecer uma pergunta simples e sem valor, mas não é. Há muitas implicações nela, muitas possíveis respostas. Nela encontramos pelo menos duas vertentes:

Quem sou eu
Quem eu não sou.

João Batista soube distinguir muito bem essas duas vertentes e começou por responder negativamente aos fariseus que o procuravam.

Quem eu não sou!
De maneira categórica ele respondeu: “Eu não sou o Cristo” (v 20). Os fariseus acharam que João não havia entendido a pergunta, pois eles não haviam perguntado se ele era o Cristo - a pergunta foi: “quem és tu”?

Então eles resolveram dar algumas pistas: “És tu Elias”? “És tu o profeta”? Para cada pergunta João respondeu de maneira enfática: “Eu não sou.”

Eu penso que naquele breve momento, João estava fazendo a mesma pergunta. Quem sou eu?

João estava no auge de seu ministério, consagrando-se como um grande líder. Alguém que estava trazendo uma voz de esperança à um povo oprimido, sedento e faminto pela Palavra de Deus. Um povo ansioso por justiça social, de um líder que os tirasse daquele estado de desolação. Um Davi – guerreiro, forte, que restaurasse a glória de Israel.

Uma verdadeira armadilha para qualquer líder! A tentação de correr adiante e afirmar o que não é.

Eu não sou...
Que maravilhosa lucidez João demonstrou ter ao enfaticamente responder: não, eu não sou o que vocês pensam ou querem que eu seja! O que teria acontecido se ele tivesse respondido sim para qualquer uma daquelas perguntas?

Podemos conjecturar em muitas respostas, mas uma com certeza, seria que João Batista teria perdido a oportunidade de entrar para a história da Igreja sendo contato nos Evangelhos como o maior de todos os homens de seu tempo!

Em tempos de crise de identidade e integridade entre tantos líderes no meio da Igreja, necessitamos desesperadamente repetir esta mesma pergunta: Quem és tu?

E como o povo de Israel naquela campina, estamos ansiosos por respostas coerentes e decididas...

Eu não sou... “Eu sou a voz do que clama no deserto...”

E você quem é?

--------------------------------------------------
Madalena Gomes é membro da Igreja Presbiteriana do Caminho em Londrina, formada em Teologia com ênfase em missões pelo ISBL Faculdade de Teologia de Londrina e em Letras pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). É missionária desde 1998, servindo pastores e líderes dos países de língua portuguesa na África através da CRM Empowering Leaders. Madalena mora em Pretória, África do Sul. (clique para entrar em contato)
Tecnologia do Blogger.