Pequei contra ti somente


Pequei contra ti; contra ti somente, e fiz o que é mal perante os teus olhos de maneira que serás tido por justo no teu falar e puro no teu julgar - Salmos, 51.4 

O Salmo 51 é a oração de confissão de Davi por ter pecado contra Deus adulterando com Bate-Seba e planejado a morte de seu esposo, o soldado Urias. Quem o lê com atenção vê a profundidade do arrependimento deste homem que amou a Deus espelhando o profundo desagrado do SENHOR para com o que ele havia feito. 


Com Davi aprendemos a tomar cuidado com o que fazemos, pois, como disse Natã, o profeta quando foi, em nome de Deus, repreendê-lo dizendo que embora perdoado, no entanto, a espada jamais se apartaria da sua casa (2 Sm 12.10). 

Desenvolvendo os pontos fundamentados no Salmo 51 e em 2 Samuel 12. A facilidade com que as pessoas pecam desprezando a lei do SENHOR atrai sobre si um juízo muito severo. De Deus não se zomba, pois a verdade está acima do amor. 

1 - TRÊS TENEBROSAS AÇÕES DO MAL EM NÓS
Pecado, Iniquidade, Transgressão. 

"Lava-me completamente da minha iniquidade e purifica-me do meu pecado. Pois conheço as minhas transgressões e o meu pecado está sempre diante de mim" (v.2,3). 

O erro de Davi estava tri-dimensionado. Isto é o que pode acontecer conosco: 

a) Pecado - na língua hebraica, errar o alvo. Nossos primeiros pais erraram o alvo por desobediência consciente. 

b) Iniquidade - no hebraico, significa uma progressiva e destrutiva forma de pecado. 

c) Transgressão - tem o significado hebraico de desobediência deliberada, intencional, voluntariosa. Davi reconhece que o seu pecado não foi só uma tentação do inimigo na qual caiu na sua cilada e, sim, que o seu pecado contra Ele foi também de maneira voluntária, deliberada, intencional. 

Desobediência pura mesmo! Por isso devemos tomar cuidado quando colocamos a culpa no outro pelo nosso pecado. Foi o que fizeram Adão e Eva no Éden, transferindo, um para o outro o erro cometido, e, finalmente, colocado a culpa toda na serpente. 

2 - SE FÁCIL É PECAR, DIFÍCIL É SAIR DO JUÍZO DIVINO
"Não me repulses". "Pequei contra ti; contra ti somente". 

Uma vez que todo pecado é o intencional errar o alvo, uma rebelião deliberada contra Deus entendemos que o fazemos não porque fomos enganados. Não caímos nele porque fomos tomados de surpresa. 

Quando o pecado nos aprisiona e nos acorrenta levando-nos ao desastre foi porque o alimentamos durante muito tempo. Fomos nós quem nos enleamos nele durante todo um processo instalado e alimentado na mente no coração. 

O caso de Davi e Bate-Seba também não difere dos demais. Houve tempo de sobra para ele se livrar dele, no entanto, preferiu assim. De maneira que o juízo de Deus foi severo e apesar do perdão a espada permaneceu. 

Há muita gente, em nossos dias, brincando com o pecado crendo que Deus por ser amor deixará de exercer seus juízos. Ledo engano! 

3 - DUAS COISAS DAS QUAIS NÃO SE PODE FUGIR
Do Pecado e da Graça de Deus. 

a) Do Pecado - Por ser algo inerente em nós. Quando Davi disse que em pecado me gerou minha mãe estava reconhecendo a presença dele em sua vida: de maneira impiedosa e cruel, levando-o a desejar e fazer o detestável. 

b) Da Graça de Deus - Pelo fato de saber que Deus é cheio de misericórdia, benigno. Davi reconheceu a sua transgressão (v.3), isto é, a sua desobediência deliberada, mas se apegou à graça de Deus, ao favor divino. 

Se não podemos fugir das garras do pecado, todavia sabemos muito bem que não deixamos de ter a graça de Deus quando verdadeiramente arrependidos. 

Conclusão 
Que nunca venhamos cair em transgressão para que a espada da ira e da disciplina de Deus não nos alcance e em nós permaneça.

------------------------------------
Antonio Coine é Pastor Emérito da Igreja Presbiteriana Monte Sião (Botucatu), atuando como ministro há 40 anos na Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pela Faculdade de Teologia da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil - SP. Licenciado em Filosofia. Mestre em Divindade e Doutor em Ministério pelo Seminário do Canadá em Manitoba/CA. Foi missionário da Igreja Presbiteriana do Canadá, plantando e pastoreando a Dovercourt-Saint Paul’s Presbyterian Church.

Tecnologia do Blogger.