A ressurreição de Cristo e a minha ressurreição


"Venho lembrar-vos o evangelho" - 1 Coríntios 15 

Todo o dia é dia de lembrar do evangelho, hoje de forma especial vamos relembrar do evento histórico mais importante do calendário cristão, a ressurreição. 



1- A Ressurreição é um fato inquestionável
Somente neste capítulo 15 de 1 Coríntios encontramos várias afirmações sobre a ressurreição: 
  • v.5 - “E apareceu a Cefas e, depois, aos doze.”
  • v.6 - “Depois, foi visto por mais de quinhentos irmãos de uma só vez, dos quais a maioria.sobrevive até agora; porém alguns já dormem.” 
  • v.7 - “Depois, foi visto por Tiago, mais tarde, por todos os apóstolos.” 
  • v.8 - “e, afinal, depois de todos, foi visto também por mim, como por um nascido fora de tempo.” 
Jesus, após ressuscitar, esteve com muitas pessoas por vários dias. Ele fez isso para que pudéssemos comprovar sua vitória sobre a morte. 


2- A Ressurreição de Cristo abre caminho para a nossa ressurreição 
Se em Adão estávamos mortos, em Cristo temos a vitória sobre a morte. 
  • v.20 “Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem.” 
  • v.21 “Visto que a morte veio por um homem, também por um homem veio a ressurreição dos mortos.” 
  • v.22 “Porque, assim como, em Adão, todos morrem, assim também todos serão vivificados em Cristo” 
Todos os que são de Cristo vão ressuscitar na sua vinda (v.23). Sua ressurreição torna possível a história de nossa ressurreição. Quando nos alegramos com a ressurreição de Cristo nos alegramos por saber que também nós vamos ressuscitar. A prova da ressurreição de Cristo comprova a nossa ressurreição. 


3 - A Ressurreição de Cristo nos leva a ação 
v.31 “Dia após dia, morro! Eu o protesto, irmãos, pela glória que tenho em vós outros, em Cristo Jesus, nosso Senhor.” 

Paulo dá seu testemunho dizendo que pelo evangelho havia alterado totalmente sua forma de viver. Ele vivia tão intensamente o evangelho que sua vida corria perigo. 

No final do v.32 ele afirma: “se é verdade que os mortos não são ressuscitados, façamos o que diz o ditado: Comamos e bebamos porque amanhã morreremos. (tradução BLH). Ele está enfatizando a necessidade de mudança, conversão dos caminhos, pensamentos, palavras e atos que devemos praticar em nossa vida, se cremos na ressurreição. 

Seja sóbrio não se deixe enganar por más companhias que estragam os bons costumes (v.33-34). Não podemos viver como alguém que não conhece a Deus. "Comecem de novo a viver uma vida séria e direita e parem de pecar.” (v.34)


Conclusão

Cristo já ressuscitou e você pode ter nova vida. 
Ressuscite!

-----------------------------------------
Hebert dos Santos Gonçalves, é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 1990 e pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2006. É um dos escritores do Presente Diário da Rádio Transmundial. É fundador e editor do site: www.hebert.com.br
Tecnologia do Blogger.