Só celebra o Natal quem conhece Jesus


“Vamos até Belém e vejamos os acontecimentos que o Senhor nos deu a conhecer.” (Lucas 2.8-20) 


Conta-se que existe uma lei denominada Massachusetts Bay Colony, de 1659 na qual foi proibida a celebração do Natal. Não porque fossem contra o Natal. O objetivo da lei era o fato de que o que eles, realmente, queriam proibir era a forma errada de se festejar o Natal, e assim corrigindo voltariam ao seu verdadeiro sentido celebrativo. 

A verdade é que muitos celebram, comemoram, festejam o Natal, não sabem, absolutamente nada do seu significado. A Pessoa de Jesus Cristo, principal e única personagem, foi colocado de lado, totalmente esquecido para dar lugar ao Papai Noel, aos banquetes, e, alimentar o comércio. 

Para que não andássemos na ignorância humana que anda às apalpadelas, Deus nos ensina como celebrar o aniversário de seu Filho Amado de maneira reverente, santa e não secularizada. 

Vejamos isto nos primeiros capítulos dos Evangelhos e, de maneira especial, deixemos que Lucas nos conduza naquilo que lhe foi inspirado pelo Espírito Santo e, em sua linguagem poética aprendamos como Celebrar o Natal, pois sabemos que “Só Celebra Verdadeiramente o Natal” aquele que realmente conhece o aniversariante: Jesus Cristo, o Eterno Filho do Deus Vivo e Verdadeiro. 


I – NINGUÉM PODE CELEBRAR O NATAL SEM ANTES CONHECER A JESUS 
Lucas no texto mencionado nos fala da maneira como Deus deu a conhecer o nascimento de Seu Filho e como orientou os pastores, a quem primeiramente fora anunciado. Vejamos então: 

a) Os Anjos Anunciaram. Lucas 2.8-14 nos diz que a mensagem foi recebida, em primeira mão, pelos pastores que cuidavam dos rebanhos nas cercanias de Belém. A eles foi dado o privilégio de ouvirem a primeira mensagem do nascimento de Jesus acompanhada do primeiro Culto Celebrativo de Natal cantado pelos anjos. 

b) Os Pastores Ouviram e Creram (Lc 2.16-16) Em segundo lugar observamos que os pastores ouviram com muita atenção a mensagem a eles proclamada e creram no que lhes havia sido anunciado. Devemos ser, não somente bons ouvintes, mas também crentes conforme nos ensina o Senhor, sobre o ouvir e crer (João 210.29). 

c) Os Pastores Foram e Adoraram (Lc 2.16). Finalmente vemos que os pastores não somente ouviram o que lhes fora anunciado, como também, obedientemente, foram até Belém para verem Jesus. Ali, O encontram com a sua mãe e o seu pai. Grande diferença vemos aqui. 

Quando os magos anunciaram o nascimento de Jesus, em Jerusalém, Herodes e os escribas apenas investigaram as Escrituras, mas não foram até Belém, enquanto que, com os pastores foi diferente. Eles ouviram, eles creram, eles foram, eles adoraram o Salvador dos eleitos de Deus. 

II – DEPOIS DE VEREM A JESUS OS PASTORES TORNARAM-SE MENSAGEIROS 
Após terem visto a Jesus os pastores já não eram as mesmas pessoas. Eles retornaram aos seus rebanhos totalmente diferentes. Lucas nos diz que eles: 

a) Voltaram Glorificando a Deus (Lc 2.20). Imaginamos aqueles pastores como os primeiros convertidos ao evangelho de Jesus Cristo. São os primeiros frutos da mensagem natalina. Por isso não podemos ficar inertes quando ouvimos de Cristo. 

b) Divulgaram o Nascimento de Jesus (Lc 2.17). Aqueles que passaram pelo novo nascimento jamais deixarão de divulgar a Pessoa de Jesus Cristo. 

c) Tiveram Resultados Preciosos. (Lc 2.18) À medida que estes primeiros pregadores do evangelho proclamavam a notícia as pessoas se maravilhavam. Era uma resposta de Deus à Igreja, de que na sua história, Ele estaria sempre confirmando a mensagem do evangelho proclamada pelos seus filhos. (Mc 16.20) 

E você, como Celebrará o Natal de JESUS?

------------------------------------
Antonio Coine é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil há 40 anos. Formado em Teologia pela Faculdade de Teologia da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil - SP. Licenciado em Filosofia. Mestre em Divindade e Doutor em Ministério pelo Seminário do Canadá em Manitoba/CA. Foi missionário da Igreja Presbiteriana do Canadá, plantando e pastoreando a Dovercourt-Saint Paul’s Presbyterian Church.

Tecnologia do Blogger.