O grande terremoto do dia da ressurreição



“E eis que houve um grande terremoto; porque um anjo do Senhor desceu do céu, chegou-se, removeu a pedra e assentou-se sobre ela.” - Mateus 28.1-10

No seu famoso Comentário do Novo Testamento, Matthew Henry escreveu: “Quando Jesus morreu a terra tremeu de pavor; quando ressuscitou, a terra que o havia alojado no seu seio saltou de alegria pela sua exaltação”.

Pedro em Atos 2.24 em seu famoso discurso do Pentecostes disse: “ao qual, porém Deus ressuscitou, rompendo os grilhões da morte; porquanto não era possível fosse ele retido por ela”. Mateus relata que no dia da ressurreição houve uma fantástica e apavorante manifestação da natureza com um grande terremoto, pois um anjo chegando removeu a pedra.

O que a Palavra de Deus nos ensina neste registro sagrado falando da Ressurreição como Terremoto? Vemos que, "no grande terremoto do dia da ressurreição":

1 – FOI DESTRUÍDA UMA VELHA ERA E INAUGURADA UMA NOVA
Paulo escrevendo em Colossenses 2.12b-15 diz: 
“...Deus que o ressuscitou dentre os mortos. E a vós outros, que estáveis mortos pela vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos; tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz; e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz”

, nos mostra três importantes efeitos da ressurreição do Senhor:

a) Destruiu o Poder da Morte para nos Dar Vida Eterna. “Deus que o ressuscitou dentre os mortos. E a vós outros, que estáveis mortos... vos deu vida juntamente com ele”, e ainda em Rm 6.9: “Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos”.

b) Destruiu o Poder do Pecado Para nos Santificar. “perdoando todos os nossos delitos; tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós”. E ainda em Rm 6.14 Paulo nos diz: “Porque o pecado não terá domínio sobre vós”.

Diante disso sabemos que na ressurreição de Cristo:

1. Fomos Salvos do Poder do Pecado;
2. Estamos Sendo Salvos da Influência do Pecado; e,
3. Seremos Salvos da Presença do Pecado.

c) Destruiu o Poder das Trevas Para nos Dar a Luz. “e despojando, os principados e a as potestades os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz”. Despojar é a figura do General romano que vencendo a batalha leva os seus inimigos vencidos fazendo-os desfilar humilhados atrás da sua carruagem.

Jesus despojou o poder do pecado e da morte.

2 – FOI DESTRUÍDO O VELHO HOMEM E RECRIADO UM NOVO
Em 2 Co 5.17 
“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”.
Por isso, afirmando essa realidade da Ressurreição Paulo nos diz -‘Se alguém está em Cristo’:

a) É Nova Criação. A nova criatura é criada pelo poder do sangue do nosso Senhor Jesus, aplicado pelo Espírito Santo.

b) Deixou a Velha Natureza. As coisas da velha natureza perdem o seu poder, a sua tenebrosa e dolorosa razão de ser.

c) Tudo Se Fez Novo. Uma nova realidade, novidade de vida, novos pensamentos, nova perspectiva de vida foram instalados no crente. Há no Canadá no tronco oco de uma velha árvore morta uma nova, da mesma espécie, cuja semente jogada ali, pela própria natureza, germinou e tornou-se numa bela e exuberante árvore. Assim é a nossa vida em Cristo, somos uma nova criatura dentro da velha, mas que sobrepuja constantemente esta pelo poder do Espírito Santo que habita em nós.


Conclusão
A Ressurreição com o seu grandioso e cataclísmico poder divino estendeu poderosas ondas e energias de amor na redenção da humanidade eleita e crente.

------------------------------------
Antonio Coine é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil há 40 anos. Formado em Teologia pela Faculdade de Teologia da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil - SP. Licenciado em Filosofia. Mestre em Divindade e Doutor em Ministério pelo Seminário do Canadá em Manitoba/CA. Foi missionário da Igreja Presbiteriana do Canadá, plantando e pastoreando a Dovercourt-Saint Paul’s Presbyterian Church.

Tecnologia do Blogger.