Hino 173 - Oração vespertina (b)



1. Vai fugindo o dia, breve a noite vem; 
Vespertina estrela já se avista além.

2. Ao que mui cansado na tristeza jaz,
Dá, Jesus bendito, teu descanso e paz!

3. Noite de sossego vimos te pedir;
Em tuas mãos entregues, hemos de dormir.

4. E quando acordarmos, faze, ó bom Senhor,
Que nós te sirvamos com maior vigor.


Informações
Letra: Sabine Baring-Gould, 1865
Tradução: George Coles Searle, 1896
Música: Melodia alemã

História
Nesta tradução de George Searle, feita em 1896, toma por base um dos mais famosos hinos deste poeta e teólogo anglicano, o Rev. Sabine Baring-Gould, um dos maiores eruditos da era vitoriana. 

Num período de cinco décadas ele publicou nada menos que oitenta e cinco livros sobre religião, viagens, folclore, mitologia, história, ficção, biografias, sermões e teologia popular. Seu mais conhecido trabalho é "Lives of the Saints", em quinze volumes. 

Nascido em Exeter, em 1834, teve uma educação refinada na Alemanha, França e Cambridge na Inglarerra. Foi ordenado ministro em 1864 e trabalhou em diversas paróquias em Horbury, Dalton, Essex e Devon. Reconhecido em seu tempo, recebeu muitos elogios e honrarias. 

Sua maior contribuição à pesquisa musical folclórica é a coleção "Songs and Ballads of the West" em quatro partes, registrando uma centena de canções recolhidas em Devon e Cornwall. Muitos são os hinos escritos pelo Rev. Baring-Gould publicados em periódicos e coletâneas. 

Este foi especialmente escrito para as crianças da paróquia de Horbury Bridge. Publicado inicialmente no periódico "The Church Times" em 1867 com oito estrofes, foi incluído no hinário "Hymns Ancient and Modern" em 1868. O Rev. Baring-Gould faleceu em Lew Trenchard, em 1924.


  1. Clique aqui para ver outros hinos 
Tecnologia do Blogger.